Dados coletados pela Boa Vista mostram que as vendas no varejo nacional cresceram 1% em janeiro na comparação mensal dessazonalizada. No acumulado dos últimos 12 meses, o indicador subiu 1,6%. Já em relação ao mesmo mês de 2019, o varejo contou com uma elevação de 1,1%.

Para os analistas da Boa Vista, as concessões de crédito com recursos livres aos consumidores vêm mantendo o crescimento, o que, somado ao nível controlado de preços e ao resgate dos recursos do FGTS no fim do ano passado, parecem suportar o ritmo interanual do movimento do comércio nos últimos meses, iniciando o ano com alta após registrar retração em dezembro. Em relação ao mercado de trabalho, a recuperação ainda se revela muito lenta, tendo como consequência o baixo crescimento da renda, o que tem resultado em aumento do endividamento e do comprometimento dos recursos da população, elevando-se, assim, o risco de algum aumento na inadimplência. “Apesar disso, ao menos a curto prazo, o cenário para o movimento do comércio continua sendo de uma recuperação gradual que tende a se repetir ao longo de 2020”.