O saldo negativo obtido pelo mercado de trabalho do varejo de material de construção (matcons) da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), em outubro, com o corte de 12 vagas, interrompeu três meses consecutivos de desempenhos favoráveis do setor. Em outubro foram realizadas 2.397 admissões e 2409 desligamentos, o que denota estabilidade. Para o economista Jaime Vasconcellos, ainda que sinais inversos, este resultado é similar ao aferido no mesmo mês do ano passado, quando houve acréscimo de três vagas no mercado de trabalho citado.

Geração de vínculos no varejo de materiais de construção da RMSP – 13 meses

Tabela Geração de vínculos no varejo de materiais de
Fonte: Caged

Os dados acumulados dos primeiros dez meses de 2019 mostram uma evolução de 1,6 mil vagas formais no varejo de materiais de construção da RMSP. Os destaques estão nas lojas varejistas de ferragens, madeira e materiais de construção, com +1.395 empregos formais. Em doze meses, de novembro de 2018 a outubro de 2019 há geração de pouco mais de 1 mil vagas, com destaque para a mesma atividade.

Saldo do emprego com carteira assinada

Tabela Saldo do emprego com carteira assinada
* Até outubro

“O arrefecimento recente do mercado de trabalho do varejo de tintas, vidros e materiais de construção da RMSP em outubro era esperado”, comenta Jaime. Isso porque o último trimestre é marcado por um desempenho que oscila em estabilidade e enxugamento do quadro funcional destes setores. “Ocorre não apenas término de contratos de trabalho com prazo determinado, mas a tendência de um direcionamento da demanda para bens de consumo não duráveis, puxados pelos alimentícios, vestuário, calçados e acessórios”. É um impacto da conhecida sazonalidade natalina. “A despeito deste cenário, não se extingue a análise do bom ano que estamos vivenciando”, finaliza.


Faça hoje mesmo sua inscrição para a palestra “2020 e a economia brasileira – Foco no varejo”, com o economista Jaime Vasconcelos. O evento será realizado em 04 de fevereiro, com ingresso solidário, na sede do Sincomavi.